“Ninguém gostava dela. Cabeça baixa. Mãos nos bolsos. Para sempre. Amém.”
encaro mesmo, não vou ver de novo depois
Eu espero por alguém que talvez nunca venha.

Carolline Libório.  (via animiciar)

Tudo que eu preciso é o meu café, meus livros e uma manhã chuvosa.

Bruno Alves. (ventanus)

Que porcaria de vida. Tudo começou como uma brincadeira juvenil idiota, e eu preferiria que continuasse assim. Quantos livros você precisa ler até aprender a escolher o que vai sentir quando encontrar alguém? Até a parte do tesão já estava legal. Eu disse que era encrenca, não disse? Acontece que eu nunca acredito em mim.

Gabito Nunes.  (via expressao)

Quando amamos platonicamente, o amor pode durar muito tempo. Pois não tem ninguém para estragar nossa idealização. Não há convivência para nos desafiar. É uma paixão estanque, feita de sonho e névoa. É uma vontade desligada da realidade. Temos a expectativa intacta, longe de contratempos. Acordamos e dormimos com o mesmo sentimento longe de interrupção em nossa fantasia.

Fabrício Carpinejar. (via delator)

Só queria dormir com ela, no sentido mais inocente da palavra. Mas eu não tinha coragem. Ela tinha um namorado. Eu era um palerma. Ela era apaixonante. Eu era irremediavelmente sem graça. Ela era infinitamente fascinante. Então voltei para o meu quarto e desabei no beliche de baixo, pensando que, se as pessoas fossem chuvas, eu era a garoa e ela, um furacão.

Quem é você, Alasca?   (via delator)


@ acumulou